Entrevista : Carole Sionnet

, par Carole Sionnet

Segundo o dicionário Houaiss, clandestina é a pessoa que entra ilegalmente num país, infringindo as leis de imigração. Já a diretora francesa Carole Sionnet prefere o termo “sem-papéis”, acreditando que ele acrescenta um traço de humanidade à relação entre o imigrante sem documento e a ilegalidade no país adotado. E é exatamente esta face humana, mesmo que escondida por máscaras, que ela revela em « Entre nós - sem papéis, sem rostos, sem palavras ».

Em sua entrevista enviada por e-mail, Carole conta as dificuldades que encontrou para fazer um filme sem recursos, em que a maior parte dos entrevistados temiam ser reconhecidos pela voz, discriminados por outros do grupo e até perseguidos. Sua persistência e sensibilidade nos leva a enxergar a realidade de personagens invisíveis, sobre os quais quase nada se sabe.

A fim de mantermos os sentimentos presentes em seu relato, a entrevista de Carole Sionnet foi mantido na íntegra, da maneira como foi escrito, incluindo os destaques em negrito.

« Entre nós - sem papéis, sem rostos, sem palavras » será exibido na mostra Social em Movimentos no dia temático sobre Migrações. Confira aqui a programação completa da mostra.


Leia a entrevista conduzida por Gustavo Carvalho - Outubro 2006 :


Annonces